29 maio 2009

MIRABILIS, RARIDADE DA AMAZÔNIA PERUANA


Só mesmo a Natureza para nos proporcionar momentos de tanta beleza. Justamente a Natureza tão maltratada pelo homem!

A reportagem, feita pelos repórteres José Raimundo, Sandro Queiroz e Odair Redondo, faz parte do projeto GLOBO AMAZÔNIA, que o BOM DIA BRASIL divulgou durante esta semana. Hoje, 29 de maio, o alvo da reportagem foi o MIRABILIS, um beija-flor raridade da AMAZÔNIA PERUANA.

É uma espécie de colibri de tamanho médio, mas com uma cauda diferente. Os machos possuem uma crista azulada semelhante à um quepe. A garganta é azulada brilhante e uma linha negra desce no centro do peito e barriga. As partes restantes da plumagem são brancas com lados esverdeados do peito e da barriga. As costas são marrom-esverdeado em sua maioria. As penas caudais das laterais são bastante longas, curvas, terminadas em raquetes grandes e negras com reflexos azuis. Duas penas caudais projetam-se no centro dessas em forma de raquete. A cauda varia conforme a idade. As fêmeas possuem a garganta branca com uma linha central preta que vai até a região da base das pernas. A cauda é muito menor, ainda mostrando duas penas terminadas em forma de raquetes.

O maravilhoso, como é chamado pelos especialistas em pássaros, não é fácil de ser encontrado. Ele é exclusivo da área da AMAZÔNIA PERUANA, onde vive numa faixa de 200 (duzentos) quilômetros de extensão, entre 02 (dois) e 03 (três) mil metros de altitude.

De acordo com os biólogos, não há mais do que 2 (dois) mil colibris MIRABILIS em toda a natureza, e sua população tem diminuído muito nos últimos anos. Embora faça parte de uma espécie raríssima, é um animal muito perseguido pelos caçadores e sob ameaça de extinção, porque seu coraçãozinho, diz uma lenda certamente criada pelo bicho homem, teria propriedades afrodisíacas.

Ele gosta muito de uma espécie de orégano de monte que tem bastante na reserva, mas não dispensa um vaso com água açucarada. Seu corpo tem 05 (cinco) centímetros apenas, mas seu comprimento total chega a uns 15 (quinze) centímetros, porque ele tem duas espátulas curiosas na cauda. Os estudiosos dizem que são armas de proteção contra os predadores naturais. Elas parecem borboletas, e as cobras, por exemplo, morrem de medo de borboletas. É um pássaro diferente de todos os outros, único no mundo inteiro.

Assista ao vídeo!


video


A gente tem absoluta certeza de que você, ainda que por breves instantes, viajou por um mundo de beleza rara que só a NATUREZA foi capaz de construir! A mesma NATUREZA que hoje sofre com a devastação que lhe impõe o ser humano, o maior predador da face da terra!


Por isso, ajude na sua preservação!
Aprenda a defender o meio ambiente!


Sobre o Autor:
Carlos Roberto Carlos Roberto de Oliveira é advogado estabelecido em Nova Iguaçu - RJ. A criação do Dando Pitacos foi a forma encontrada para entreter e discutir assuntos de interesse geral.

Cadastre seu e-mail e receba nossas postagens

Blog Widget by LinkWithin

3 comentários:

  1. Lindo, lindo, lindo!

    A natureza chega a emocionar. Não cheguei a ver a reportagem porque no horário do jornal estou a caminho do trabalho, por isso adorei a postagem. Obrigado pessoal do PITACO!

    ResponderExcluir
  2. Eu também, e pela mesma razão, agradeço ao pessoal do blog pela postagem da reportagem sobre o Mirabilis. Eu já conhecia esse bichinho lindo por um artigo que li há uns dois anos, mas o texto me deu muito mais detalhes, inclusive o vídeo.

    Adorei de montão!

    ResponderExcluir
  3. Agora pensem no coração do ser humano... Vocês conseguem imaginar o tamanho do coração de um beija-florzinho desses? O infeliz do homem ainda mata o bichinho para comer o seu coração porque é afrodisíaco!!!!
    É muita falta de respeito para com a Criação, né? É uma pena que o egoísmo da raça humana também não esteja ameaçado de extinção.

    ResponderExcluir

A existência de qualquer blog depende da qualidade do seu conteúdo, e mais do que nunca, do estímulo de seus leitores. Por isso, não saia sem deixar seu comentário!