11 junho 2009

UMA NOVA ESTRELA?


"Eu permaneço entre o receio e a necessidade de descobrir. Ao meu respeito eu pouco posso dizer.
Choro quando a idéia é sorrir e mascaro minha angústia com um sorriso quando preciso chorar.
Acho que está tudo aí.
Admito que a vida é complicada e me apresento como vítima desmotivada dessa misteriosa arte da experiência. Mas acho muito fácil sorrir. E, bem ou mal, é assim que eu faço pra viver."


Esse é o perfil de ALINE HRASKO no ORKUT. Quem a descobriu no YOU TUBE foi o RAPHAEL BRUNO, que compartilhou comigo o vídeo que está aí embaixo.

Não sei se ela vai se tornar uma das estrelas da MPB. Aliás, nem sei se essa a pretensão dela. Mas de algumas coisas eu tenho certeza: ela tem uma carinha linda, uma voz afinadinha e um estilo todo próprio de cantar! E música de gente grande! Ouça com atenção...


video

Sobre o Autor:
Carlos Roberto Carlos Roberto de Oliveira é advogado estabelecido em Nova Iguaçu - RJ. A criação do Dando Pitacos foi a forma encontrada para entreter e discutir assuntos de interesse geral.

Cadastre seu e-mail e receba nossas postagens

Blog Widget by LinkWithin

9 comentários:

  1. Adoooorei! Como você diz: "ela tem uma carinha linda, uma voz afinadinha e um estilo todo próprio de cantar!" Amei!

    ResponderExcluir
  2. Eu falei que ela era boa, não falei?

    E melhor ainda: muito linda!!!

    ResponderExcluir
  3. É verdade, Carlos! Se ela "bombar" ninguém sabe, até porque a "construção" de uma estrela é coisa complicada, que demanda interesses mil, mas principalmente financeiros.

    Mas você tem razão. Ela, além de muito bonitinha, tem uma voz que faz bem ao ouvido da gente, ao coração. Também me apaixonei por ela!!!

    ResponderExcluir
  4. Amigo Carlos

    Eu não sabia que você também empresaria novos talentos. Você realmente é um cara dos "sete instrumentos".

    Mas olha, a menina é sensacional. Eu adorei a voz e a interpretação dela. Bela dica!

    ResponderExcluir
  5. Meu amigo Cavaleiro Errante:

    Eu não sou "um cara dos sete instrumentos", mas apenas um sujeito que se esforça prá ser participativo, nada mais! E não estou empresariando ninguém. Não seja maldoso, rsrsrs...

    Fazemos tantas críticas, a tantas coisas ruins que quando nos deparamos com algo tão especial como a ALINE a gente se sente na obrigação de dar uma força. Eu, pelo menos, penso assim! Com tanta coisa ruim "neççe paiz" (como diz o meu amigo GABRIEL BERTRAN), é muito gostoso a gente esbarrar com uma pessoa tão simples e graciosa como a ALINE. Eu só estou querendo ajudar!

    ResponderExcluir
  6. É isso aí, Carlos. A maldade, a violência, a injustiça, a improbidade... etc, etc, etc hoje são consideradas coisas normais porque foram massificadas em nossas mentes pela mídia.

    Se esta passasse a noticiar as boas ações, as boas iniciativas, os atos solidários, todos os dias a gente veria que pelo menos há dois caminhos para escolhermos por qual seguir.

    Que pelo menos neste espaço do blog, a balança continue equilibrada.

    ResponderExcluir
  7. É isso aí, AnaKris!

    O mal a gente divulga pela obrigação da denúncia, pela necessidade do alerta à sociedade, mas do bem a gente fala por puro prazer, com alegria, com amor.

    ResponderExcluir
  8. É Roberto, enquanto houver Alines....há esperança em um futuro melhor. Pois só a sensibilidade é capaz de reconstruir qualquer coisa, qualquer mundo.

    ResponderExcluir

A existência de qualquer blog depende da qualidade do seu conteúdo, e mais do que nunca, do estímulo de seus leitores. Por isso, não saia sem deixar seu comentário!