14 fevereiro 2011

Ronaldo Fenômeno abandona o futebol

“São as dores no corpo. A cabeça até quer continuar, mas o corpo não aguenta mais". Essa é uma das explicações dadas por Ronaldo Luis Nazário de Lima, o Ronaldo Fenômeno, para abandonar de vez o futebol. Essa segunda-feira (14/02) será o último dia da carreira vitoriosa de um dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro, que disputou quatro Copas do Mundo e ganhou duas, foi eleito o melhor do planeta por três vezes e tem o nome escrito no livro dos recordes como o maior goleador de todas as Copas.

Um outro motivo, certamente, foi a decepção pela eliminação do Corinthians na Taça Libertadores da América, o que era a sua grande motivação para a última temporada, já que esse é o único título que falta na galeria corintiana. No dia 2 de fevereiro último, o que pode acontecer a qualquer grande clube de futebol, o Corinthians foi eliminado pelo Deportivo Tolima, que o venceu por 2 x 0 em jogo realizado na cidade colombiana de Ibagué.

No retorno ao Brasil, todo o elenco e comissão técnica do clube sofreram com um violento protesto de parte da torcida, que eu prefiro chamar de marginais, que se agruparam à porta do Centro de Treinamento do clube e passaram a xingar os jogadores, atirar pedras no ônibus e até para depredar carros de funcionários, numa deprimente demonstração de baixaria e violência, própria, aliás, de um país onde a impunidade é a regra.

Ronaldo, como maior liderança da equipe, foi um dos mais visados. Faixas pediam a sua saída e os muros do Parque São Jorge foram pichados com frases de ordem contra o atacante. Pelo Twitter, ele respondeu chamando os manifestantes de “vândalos”. Ele chegou a pensar em parar de jogar, mas resolveu continuar.

- Cogitei (parar), falei com a minha família e com alguns amigos e tomei a decisão de continuar porque é um momento difícil, mas tenho certeza que vamos dar a volta por cima mais uma vez para reverter esse quadro triste que estamos vivendo. Vou continuar e cumprir meu contrato dignamente e honrar a camisa do Corinthians até o final do ano – disse ele na ocasião.

Mas Ronaldo mudou de ideia. Roberto Carlos, seu amigo pessoal, também deixou o Corinthians, transferindo-se para o Anzhi Makhachkala, da Rússia. O lateral conseguiu um contrato de R$ 22 milhões por duas temporadas. Mas além do dinheiro, Roberto usou como argumento a pressão que vinha sofrendo de torcedores. Segundo ele, alguns corintianos chegaram a perseguir seu carro e o ameaçá-lo.

Pra completar, na última semana Ronaldo sentiu uma fisgada muscular durante um treinamento. Com 34 anos de idade, ele sabe que não tem mais o poder de recuperação que o fizeram protagonizar diversos casos de superação, principalmente nas quatro vezes que precisou ser submetido a cirurgias.

A coletiva desta segunda-feira servirá para Ronaldo se despedir dos corintianos e dos brasileiros, mas também para esclarecer alguns pontos. Como muitos contratos publicitários do clube estão atrelados a ele, é possível que siga, de alguma forma, ligado ao Timão.

É o fim de uma brilhante carreira, com alguns tropeços, é bem verdade, como sempre acontece na história esportiva dos grandes ídolos, o que não apaga o brilho das conquistas e dos grandes momentos de glória. Obrigado por todas as alegrias que você nos deu. Siga em paz, Ronaldo... 

Sobre o Autor:
Carlos Roberto Carlos Roberto de Oliveira é advogado estabelecido em Nova Iguaçu - RJ. A criação do Dando Pitacos foi a forma encontrada para entreter e discutir assuntos de interesse geral.

Cadastre seu e-mail e receba nossas postagens

Blog Widget by LinkWithin

8 comentários:

  1. Olá Roberto!
    Eu também acredito que o Ronaldo pode (e deve) sair com a cabeça erguida, orgulhoso pelas conquistas que fez e pelas alegrias que deu a tantos brasileiros!
    Infelizmente, para muitos, os momentos de glória são apagados facilmente... Querem apenas as vitórias e não aceitam as derrotas como chances de avaliação e aprimoramento!
    Acho que a decisão do Ronaldo já vem tarde! Mas, o fato dele querer honrar a camisa e ao time, o torna ainda mais admirável!
    Também desejo muita sorte, sucesso e paz em família para ele!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  2. Perfeito, Jackie!

    Tudo na vida tem começo e fim. Ronaldinho teve a sua fase e durante ela fez a alegria dos torcedores de todos os clubes que defendeu, inclusive a seleção brasileira, onde nem tudo deu certo, o que é natural.

    A hora de para chegou e ele precisa encarar esse fato. Não foram justas as agressões que ele sofreu por parte da torcida do Corinthians. Por tudo o que fez pelo futebol brasileiro, ele merece o nosso respeito.

    Um abração...

    ResponderExcluir
  3. Alô Roberto! Concordo com a Jackie Freitas em sua opinião. E acrescento que o que me deixa chateado nisto tudo é a eterna postura equivocada e ignorante por parte do brasileiro torcedor, quando são tomadas atitudes ridicularmente violentas contra um profissional que está fazendo o ser trabalho como todo profissional o faz. Além de frisar a famosa memória fraca do brasileiro, que é pródigo em esquecer as coisas boas que são feitas. O jogador Ronaldo já fez a sua parte, quem presenciou aquela época sabe da importancia dele para o futebol brasileiro. Agora, o cansaço chegou, é hora de descansar, e ser respeitado por tudo que fez. Melhor seria que os vândalos que atacaram as dependencias do time e ameaçaram o jagador, usassem essa bravura para defender os direitos usurpados pelo nosso governo que mantem estes mesmos bravos torcedores sem saúde e educação. Mas aí não existe valentia que resista.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. É isso aí, Gramophone!

    Agredir o Ronaldinho é bem mais fácil que defender direitos em Brasília. Esse é o grande pecado do brasileiro: ele se mobiliza por nada, agride, mata e morre sem motivos, mas contra os corruptos, os que tiram o pão da boca dos seus filhos, ele não faz nada. Falta vergonha!

    Um abração...

    ResponderExcluir
  5. Suas matérias no blog são bem interessantes, e acho que seria bacana também você divulgá-las no www.plik.com.br, porque lá, basta colocar um título, adicionar uma pequena frase ou texto sobre o assunto, e logo após o texto, o link do artigo completo (como complemento, pode informar tags abaixo).

    Assim que postar, este resumo com link para seu artigo já fica na página inicial do Plik, e o Google indexa o Plik várias horas do dia, todos os dias, ou seja, você vai ter mais "votos" (links de outros sites) apontando para seu site, e isso com o passar das semanas, vai ajudar no crescimento do seu blog!

    Se quiser, pode acessar agora: www.plik.com.br, e para usar o site, pode criar sua conta grátis ou se logar via Twitter ou Facebook, ou seja, muito prático e fácil participar.

    Espero que goste da dica.

    Abraço!

    Fernanda

    ResponderExcluir
  6. Valeu, Fernanda!

    Já me cadastrei no Plik. Já postei algumas matérias!

    Um abração...

    ResponderExcluir
  7. Muito legal !

    Quer desmembrar todo um jogo de futebol para impressionar seus amigos ??

    Moringa Tático !

    http://moringatatico.blogspot.com/

    comentar não faz a mão cair.

    ResponderExcluir

A existência de qualquer blog depende da qualidade do seu conteúdo, e mais do que nunca, do estímulo de seus leitores. Por isso, não saia sem deixar seu comentário!